Please reload

Outros escritos

O inventor de verdades

Te penso em instantes
Onde a eternidade brinca com o tempo
E a liberdade caminha sem matéria

És a mais bela das obras
De um único criador

Vives entre sonhos
Entre saudades

Finges não existir
Triste
Ris de ti

Eu que te vejo de perto
Sei de teus defeitos
De teus anseios

E eu que te penso
Te viro
A alegrar teus desejos

Onde a liberdade caminha em matéria
E o tempo é criador
Em instantes

Concretizo tuas verdades
Onde a eternidade vive em sonhos
Saudades

Finges existir
Triste
Ris de mim

E eu que te penso
Te apago
Em instantes

Eu te imagino
Eu te construo, realidade

Please reload